ArtantheCities
ART TRAVEL
& MORE
Follow me

Search

Guernica di Pablo Picasso

Guernica de Pablo Picasso – Background

Criada por Pablo Picasso, o mais famoso artista do século XX, Guernica é uma expressão da repulsa de Picasso pelo bombardeio nazista de uma cidade basca no norte da Espanha (Guernica), ordenado pelo general fascista Franco durante o Guerra Civil Espanhola (1936-39). Transmitindo dor, violência e sofrimento, a imagem monumental é pintada apenas em preto, branco e cinza e se tornou um símbolo internacional dos horrores da guerra.

Picasso é uma criança prodígio e um inovador. Entre outras coisas, ele co-fundou o cubismo. Ele introduziu a colagem e a cerâmica nas artes plásticas e desenvolveu vários estilos ao longo de sua carreira, muitas vezes inspirados pelas mulheres de sua vida.

Guernica de Pablo Picasso – A Exposição de Paris

No início de 1937, enquanto vivia em Paris, foi contratado pelo governo republicano da Espanha para produzir um mural para o pavilhão espanhol na Exposição de Paris. Não consegue decidir o tema do mural, quando lê uma reportagem de jornal sobre o bombardeio em abril daquele ano da pequena cidade espanhola de Guernica, em plena luz do dia, por forças alemãs por ordem do general Franco. Picasso decide deixar o mundo saber sobre a atrocidade e que seria seu tema para a encomenda do mural.

Qual é o tema da Guernica de Picasso? Análise de Guernica

Vários elementos anti-guerra podem ser vistos neste trabalho. Segundo Picasso, o touro costuma ser um símbolo de força por estar relacionado à Espanha – é aqui um emblema de brutalidade. Diante do touro, uma mulher joga a cabeça para trás de dor e angústia, segurando nos braços o filho morto. Uma única lâmpada se acende no teto, a luz irregular lembrando uma explosão, enquanto ao lado da cabeça do cavalo, outra luz em forma de vela é segurada por uma mulher em uma janela. Abaixo do cavalo está um soldado morto com um braço decepado ainda segurando uma espada, da qual cresce uma pequena flor. Este é um pequeno símbolo de esperança. As linhas na palma da outra mão do soldado podem ser estigmas, simbolizando o martírio da crucificação de Cristo.

Quando perguntam a Picasso o que significa o cavalo, ele explica que ele representa todas as pessoas inocentes que morreram no massacre. À extrema direita, uma figura com os braços estendidos é consumida pelas chamas. Não está claro se esta figura (masculina ou feminina) está caindo ou presa, mas grita para o céu.

Exposição de Guernica em Paris

O mural é exibido em Paris, onde há um crescente apoio aos partidos fascistas na França e em outros países europeus, e causa considerável polêmica. Depois de Paris, ele se mudou para a América. Ele continua a fazer extensas turnês pela América do Norte e Europa, mas Picasso se recusa a devolvê-lo à sua Espanha natal até que a democracia seja restabelecida lá também.

Se você é um amante da arte como eu e quer se juntar ao clube de arte, dê uma olhada no meu canal do Youtube sobre arte, viagens e mercado para saber mais.

Até breve

Clélia